Dezembro Vermelho

Quinta, 16 de dezembro de 2021

O dezembro Vermelho é uma campanha com foco na prevenção ao vírus do HIV, à Aids e outras IST (infecções sexualmente transmissíveis), tem o dia 1º como data oficial do Dia Internacional de Luta contra a Aids.

A iniciativa partiu da Assembleia Mundial de Saúde, em 1987, com apoio da ONU (Organização das Nações Unidas), e passou a ser incorporada no calendário da saúde em 1988 aqui no Brasil.

Além de promover campanhas de prevenção, a data marca a necessidade de haver compaixão e solidariedade com pessoas que vivem e convivem com HIV, e dá destaque aos avanços da ciência no que diz respeito ao desenvolvimento de medicamentos para o tratamento dos pacientes.

Dados da ONU indicam que nos últimos 8 anos o Brasil apresentou um aumento significativo no número de casos de Aids estando em torno de 21%. Daí a importância de um diagnóstico precoce para início imediato do tratamento e, consequentemente, a redução das chances de problemas relacionados à doença. 

Quando doamos sangue, é coletado também uma amostra para execução dos testes sorológicos para Hepatite B e C, Sífilis, HIV, Doença de Chagas, HTLV-I/II e outras doenças. Este processo é para garantir que o doador esteja sadio e que seu sangue esteja seguro para uso em transfusão. Periodicamente o serviço de hemoterapia poderá solicitar nova doação com objetivo de abastecimento do estoque.   

Aids:

A Aids é uma doença causada pela infecção do Vírus da Imunodeficiência Humana (da sigla em inglês HIV). Esse vírus, do tipo retrovírus, ataca o sistema imunológico, que é o responsável por defender o organismo de doenças. O vírus é capaz de alterar o DNA da célula e fazer cópias de si mesmo. 

Fonte: https://bvsms.saude.gov.br/dezembro-vermelho-campanha-nacional-de-prevencao-ao-hiv-aids-e-outras-infeccoes-sexualmente-transmissiveis

Transmissão:

Sexo vaginal sem camisinha.

Sexo anal sem camisinha.

Sexo oral sem camisinha.

Uso de seringa contaminada.

Da mãe infectada para seu filho durante a gravidez, no parto e na amamentação.

Instrumentos contaminados que furam ou cortam.

Tratamento:

Todas as pessoas diagnosticadas com vírus HIV têm direito a tratamento com os medicamentos antirretrovirais, imediatamente, no serviço público. Esses medicamentos - conhecidos como coquetel - impedem que o vírus se replique dentro das células.

Prevenção da Aids/HIV e das IST:

O uso do preservativo (masculino ou feminino) em todas as relações sexuais (orais, anais e vaginais) é o método mais eficaz para evitar a transmissão das IST, do HIV/Aids e das hepatites virais B e C.

A prevenção abrange também diagnóstico e tratamento das IST, testagem para HIV, sífilis e hepatites virais B e C, profilaxia pós-exposição ao HIV, imunização para HPV e hepatite B e prevenção da transmissão vertical (transmitida de mãe para bebê).

 

Para saber mais, acompanhe nossas redes sociais!