Doar sangue pode ajudar no tratamento de pacientes com câncer

Quinta, 21 de outubro de 2021

Lançado na década de 1990 pela Fundação Susan G. Komen for the Cure, o Outubro Rosa é um movimento mundial com o objetivo de informar a sociedade da importância do diagnóstico precoce para controle do câncer de mama, o segundo câncer mais comum entre as mulheres. É no mês de outubro que diversos prédios ficam iluminados de rosa e campanhas de chamamento incentivam mulheres a realizarem o autoexame e/ou fazerem um devido acompanhamento da saúde mamária através da mamografia. Porém, esses cuidados precisam ser de janeiro a dezembro, gerando, assim, procura recorrente pelos serviços de diagnóstico nas redes pública e privada, permitindo a identificação precoce para tratamento e, consequentemente, redução da mortalidade pela doença. Como doar sangue e contribuir com o Outubro Rosa Pacientes em tratamento de câncer geralmente necessitam de transfusão, tanto no momento da cirurgia para retirada do tumor, quanto para os que fazem quimioterapia ou possuem leucemia. Segundo o INCA (Instituto Nacional de Câncer), que possui seu próprio hemocentro, para atender as demandas dos pacientes nas suas unidades hospitalares é necessário, em média, 2 mil doadores por mês. Ao se tornar um doador habitual, você pode ajudar muitos pacientes oncológicos e impactar positivamente muitas vidas. Sendo que homens podem doar a cada 2 meses e mulheres a cada 3 meses. Informe-se de onde doar sangue perto da sua residência e siga o Programa Um Só Sangue nas redes sociais para se informar e compartilhar informações: /LinkedIn /Facebook /Instagram